Untitled Document
DESTAQUES
Página Inicial  
Gestão Ambiental  
Programas e Resultados  
Notícias dos Programas  
Notícias  
Galeria de Imagens  
Videos  
ESGA TV  
Portfólio  
 
Clipping  
Intranet  
   
O EMPREENDIMENTO
 
 
   
CONTATO
Fale Conosco  
   
CADASTRE-SE
Receba as novidades da BR-101 Sul no seu email.

 
 
 
 
DNIT/SC recomenda cuidados com formação de nevoeiros na BR-101 Sul
Notícia publicada em: 13/06/2018

A formação de nevoeiros em trechos da BR-101 Sul, na manhã desta quarta-feira, 13, reforça a tomada de medidas de segurança entre os motoristas em trânsito, para evitar acidentes sobre as pistas duplicadas, obras de arte especiais (OAEs), acessos e vias laterais. O evento climático requer atenção redobrada, pois reduz a condição de visibilidade durante o tráfego.


O nevoeiro é formado pela suspensão de gotículas de água em camada de ar próxima ao solo. O fenômeno é mais comum em locais frios, úmidos, elevados ou em planícies, como dos arrozais em Tubarão, Jaguaruna, Içara e do Vale do Rio Araranguá.  Durante o dia, o calor evapora a água, acumulando perto da superfície. As massas de ar levam o vapor para as camadas mais altas da atmosfera. Quando anoitece ou quando a região é atingida por uma frente fria, a temperatura cai, o vapor de água se resfria e condensa, ocasionando a neblina.


O tipo de nevoeiro mais comum que ocorre na BR-101 Sul é o de radiação, sendo visualizado em dias com temperaturas baixas, sem ventos e céu limpo durante a noite, e se dissipa quando o frio diminui. É comum entre os meses de abril a setembro. Os trechos com maior ocorrência de nevoeiros na BR-101 Sul são entre Tubarão a Sombrio, onde há grandes plantações de arroz irrigado. Essas são áreas de terrenos baixos, úmidos e muito frios.


Atenção redobrada – Ao entrar em um nevoeiro, o DNIT/SC orienta os usuários para trafegarem sempre com os faróis usando a luz baixa. A luz alta dos faróis ofusca a visão dos motoristas que trafegam em sentido contrário. É recomendado o uso da luz de neblina nestas condições.


Com a umidade dos nevoeiros, os vidros dos veículos ficam embaçados, isto ocorre porque a temperatura interna é maior que externa. O recomendado é não fazer a limpeza usando apenas a mão. Para limpar o para-brisa, use uma flanela. Se o nevoeiro estiver muito denso, procure um local seguro e fora do acostamento para estacionar.


Ao reingressar na rodovia, os motoristas devem redobrar a atenção ao fluxo da rodovia, para efetuar o retorno em segurança. Não é permitida a movimentação de veículos pelo acostamento, sendo configurada infração gravíssima, com multa e soma de pontos para inabilitação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).


Em caso de formação de nevoeiros na BR-101 Sul, os pedestres também precisam redobrar os cuidados. Deve-se evitar ao máximo transitar pelos bordos e acostamentos da rodovia, pois a visibilidade prejudicada pela umidade oferece condições de risco. Aos transportadores de carga é solicitado o uso obrigatório de faixas refletivas fixadas na carroceria ou carreta. O uso é indispensável para garantir a segurança nas estradas, principalmente durante a noite, dias chuvosos e em nevoeiros.


O DNIT/SC ainda recomenda a redução de velocidade ao entrar em um nevoeiro ou nuvem de fumaça e não realizar ultrapassagens.

 

 

Galeria de Fotos

   
18/07/2018 - DNIT/SC faz melhorias no pavimento da BR-101, em Criciúma
18/07/2018 - Nas passarelas da BR-101, ciclistas devem cruzar desembarcados
17/07/2018 - Usuários da BR-101 Sul devem ter cuidado no transporte em veículos comuns
16/07/2018 - DNIT/SC concentra roçadas entre Laguna a Capivari de Baixo, nesta semana
16/07/2018 - DNIT/SC e Consórcio levam Educação Ambiental para Obras Complementares
Todas Notícias
menu_esquerdo
LAGUNA/SC
TUBARÃO/SC
PALHOÇA/SC
COMPARTILHE

Acesse a ESGA TV

 
 
 
EVENTOS AO VIVO

 

Todos os Direitos Reservados | 101sul.com.br | CONCREMAT - TECNOSOLO - WORLEYPARSONS