Untitled Document
DESTAQUES
Página Inicial  
Gestão Ambiental  
Programas e Resultados  
Notícias dos Programas  
Notícias  
Galeria de Imagens  
Videos  
ESGA TV  
Portfólio  
 
Clipping  
Intranet  
   
O EMPREENDIMENTO
 
 
   
CONTATO
Fale Conosco  
   
CADASTRE-SE
Receba as novidades da BR-101 Sul no seu email.

 
 
 
 
BR-101 Sul SC: no feriado, não esqueça do cinto de segurança
Notícia publicada em: 28/04/2017

Os usuários da BR-101 Sul que vão viajar, pela rodovia federal e também por outros caminhos, devem usar de forma correta o cinto de segurança. A forma adequada do uso deste dispositivo de proteção é crucial para que danos maiores não sejam causados. Mesmo em acidentes de pequenas proporções, o cinto é a principal forma de evitar lesões graves.


Neste final de semana prolongado pelo feriado do Dio do Trabalho, mais veículos vão transitar pelas pistas duplicadas e vias laterais, aumentando a possibilidade de acidentes. Nesses casos, o cinto de segurança evita que o motorista tenha o rosto projetado contra o parabrisa ou lançado para fora do veículo. Outro grave dano evitado pelo uso de cinto de segurança é o esmagamento da caixa torácica contra o painel ou o volante do veículo. Uma batida em que o motorista não esteja usando o cinto tem grandes chances de bater com a cabeça e perder os sentidos. Seu uso no banco traseiro é tão importante quanto no banco dianteiro.


Forma correta – O uso do cinto de segurança é obrigatório para todos os ocupantes de um veículo. Mas somente o uso correto irá proteger de forma eficaz. Com o veículo em movimento, coloque o banco de forma que o cinto de segurança fique sobre o ombro e nunca perto da face ou pescoço. No caso do cinto abdominal, ele deve ser acomodado sobre a região pélvica, com folga de aproximadamente três centímetros. Outro cuidado é verificar se o cinto está torcido e estendê-lo para fixar ao clipe.


Não utilize grampos, clipes de papel ou outro objeto qualquer para aliviar a pressão do cinto, pois isso invalida a ação do equipamento no momento em que ele precisar ser acionado.


A posição correta do cinto no quadril deve ficar sempre abaixo do umbigo. Regule a posição de ajuste do dispositivo de todos os ocupantes, especialmente das crianças, conforme sugere o modelo do fabricante do veículo. O cinto de segurança é um dispositivo de segurança de uso individual, por isso, cada ocupante deve ter o seu. Transportar crianças no colo, usando o mesmo cinto poderá acarretar em sérias lesões até morte.


A altura do encosto do banco dos veículos deve estar regulada no centro posterior da cabeça ou até três centímetros acima. O uso de cinto de segurança e encosto de cabeça minimiza o movimento de giro no caso de impacto traseiro ou frontal, evitando ferimentos graves e lesões na coluna cervical. Ajuste firmemente o cinto de segurança ao corpo, sem deixar folgas e veja se ele não possui cortes ou pontos com desgaste excessivo, causando rompimento quando usado.


Deve-se compreender que o cinto de segurança não vai impedir acidentes, mas pode atenuar as suas consequências, desde que o uso seja correto.


Gestante – Para as mulheres grávidas, o cinto de segurança protege o feto e a mãe e há modelos apropriados para o uso nesses casos. Recomenda-se para gestantes a utilização de cintos de três pontos, sempre com a parte subabdominal o mais baixo possível, bem próxima à região pélvica para não pressionar o abdome.


A faixa diagonal do cinto de segurança deve cruzar o meio do ombro da passageira, passando lateralmente ao abdome, nunca sobre o útero e nunca colocar a faixa superior do cinto por trás do tórax, braço ou na axila. Nos veículos com airbag, utilizar apropriadamente o cinto de segurança e afastar o banco do veículo o máximo possível para trás, até o limite que permita o perfeito contato com o volante e com os pedais, quando estiver guiando o veículo.


Crianças – segundo a Polícia Rodoviária Federal de Tubarão, as crianças até dez anos devem ser transportadas no banco de trás do veículo. No caso de transportar quatro crianças menores de dez anos, a de maior estatura física pode ficar no banco da frente. Bebês recém-nascidos devem ser usar a cadeirinha exclusiva para o transporte.


Confira os modelos adequados para cada caso:


Crianças com até 10 quilos devem ser transportadas em berço portátil.


Crianças de 10 a 18 quilos devem ser transportadas em berço portátil com anteparo abdominal


Crianças com 18 a 25 quilos devem ter transportadas em cadeiras específicas.


Crianças com 25 a 32 quilos, com estatura inferior a 1,5 metros, deverão usar assentos especiais de segurança, que permitem utilizar o cinto de segurança original do veiculo.


Idosos e portadores de necessidades físicas deverão observar que o cinto de segurança deve passar sobre o meio do ombro, devidamente ajustado ao corpo e não sobre o pescoço.


História – O primeiro cinto de segurança veicular foi patenteado em 1895, nos Estados Unidos. Mas, apenas em 1958 passou a ser equipamento de segurança e somente no modelo abdominal. O cinto de três pontos, preso à estrutura do veículo e não ao assento, foi desenvolvido pelo engenheiro sueco Nils Bohlin, em 1959.


No Brasil, o cinto de segurança se tornou item obrigatório para ocupantes do banco dianteiro dos automóveis particulares ou de aluguel, que circulassem pela cidade de São Paulo, a partir de 1994, que também proibiu crianças menores de 10 anos de utilizar o banco dianteiro dos veículos. Em 1997, o uso do cinto de segurança passou a ser obrigatório em todo o país.

 

 

Galeria de Fotos

   
11/12/2017 - Melhorias vão interromper faixa de rolagem na Ponte Anita Garibaldi
11/12/2017 - Verão na BR-101 Sul/SC: Tráfego local requer cuidado redobrado dos motoristas
11/12/2017 - Visita de campo encaminha recuperação de APP do Rio Capivari
07/12/2017 - DNIT/SC inicia reforço na sinalização horizontal da BR-101 Sul
07/12/2017 - Verão na BR-101 Sul/SC: usuários têm pontos de retorno a cada dois quilômetros
Todas Notícias
menu_esquerdo
LAGUNA/SC
TUBARÃO/SC
PALHOÇA/SC
COMPARTILHE

Acesse a ESGA TV

 
 
 
EVENTOS AO VIVO

 

Todos os Direitos Reservados | 101sul.com.br | CONCREMAT - TECNOSOLO - WORLEYPARSONS